quarta-feira, 18 de junho de 2008

Contributos para uma nova "Gestão".

Sabendo-se das dificuldades em gerir o CDR (no fundo comum a todos os Clubes de Futebol!) e pensando eu que todos podem dar o seu contributo na criação de um modelo de gestão que possa ajudar, não só em termos fincanceiros, mas também em termos de logistica, acompanhamento da formação, etc., criava aqui este espaço para que todos pudessem deixar as suas ideias, de uma forma válida, construtiva, sem nunca entrar no campo dos ataques pessoais ou outros (estes nunca serão publicados, deixo o aviso!).
Vamos esperar que pelo menos desta forma possamos ajudar quem ficar a gerir os destinos do CDR nas próximas épocas!

PS.: POR FAVOR IDENTIFIQUEM-SE NOS VOSSO COMENTÁRIOS!!!

15 comentários:

Carlos Soeiro disse...

Ora tendo dado a ideia, avanço com algumas sugestões.
- Na definição de uma direcção criar 3 áreas distintas e coordenadas por 3 directores que reportem sempre ao Presidente:
1ª Area do Futebol Senior
2ª Area do Futebol Formação
2ª Area de Captação de Apoios, Publicidades e Markting.

Na área sénior (isto que vou dizer é fácil de dizer mas muito dificil de concretizar, mas ...) elaborar um plano que vise criar um novo modelo de incentivos aos jogadores, por objectivos, por resultados, e que permita que com o decorrer dos anos, e aproveitando a formação que vem sendo trabalhada de forma excelente,possamos num prazo de 2/3 anos ter uma equipa senior com um minimo de 10/12 jogadores oriundos da formação!
Podem dizer-me que não se contratam jogadores assim com modelos destes, acredito que sim, mas para o bem do Clube e dos Directores, então obriguem esses jogadores a registarem-se nas finanças e os vencimentos deles serem declarados! ACREDITEM que mais cedo ou mais tarde alguém vai ficar em apuros com situações de recebimento de subsidios e depois não haver comprovativos de pagamentos aos jogadores seniores (no fundo a grande quota de despesa na época desportiva!)

A área de Formação deve ter por base 2 ou 3 principios:
1º Participação de um grupo de pais, representando cada um dos escalões de formação, que possam ajudar em todas as actividades que envolvam as equipas.
2º Deve ser criado uma "quota" anual para que o CDR possa ser compensado pela formação que presta ao jovens (isto a exemplo de muitos clubes da região, onde os pais pagam uma mensalidade e ainda asseguram os transportes dos filhos aos treinos!, e já agora em Moimenta da Beira, a Escola de Andbol, onde cada pai paga 5 euros por mês, ou 50€ por época!).
Sei que é uma medida controversa, mas de elementar justiça, porque quando os filhos vão à piscina, quando vão ao cinema,etc, também pagam, e como estamos a falar de valores simbolicos (por exemplo 5€/mês) por uma formação que o CDR presta ao longo de anos, seria uma forma de disciplinar e obrigar os pais a participarem de uma forma diferente (por exemplo, tendo em conta que há pais que vêm ver um jogo, no final vão embora e os directores é que têm que ir por o menino a casa!) Temos que acabar com o mito de que os jovens "prestam um favor ao CDR" é exactamente ao contrário, o CDR presta um serviço aos Pais e aos seus filhos dando-lhes uma ocupação, valorizando-os como homens e criando neles principios fundamentais como o respeito pelos outros, pelo grupo a que pertencem, ensinando-os a lutar por objectivos!
A criação de um grupo de 2/4 directores que tenham "quase como exclusividade" a agariação de fundos, donativos, promoções, markting, etc, é uma ideia já posta em prática na ultima direcção a que tive o prazer de pertencer, e que tantos e bons apoios conseguiu para o CDR.
Acredito que a divisao de tarefas com a devida responsabilização de cada um, pode trazer beneficios e ajudar para que os directores não cheguem ao final de uma época completamente estafados e fartos do Clube!

Anónimo disse...

Concordo com as sugestões do Carlos Soeiro.
Atendendo a tudo o que foi dito, ao seu perfil como pessoa e ao seu curriculo no CDR, penso que está encontrada a pessoa ideal para presidir o Clube nos próximos anos.Por isso,acho que o Carlos Soeiro deveria avançar com uma candidatura para comandar os destinos do CDR.

um abraço amigo

João Dias

Carlos Soeiro disse...

João obrigado pelo elogio.
Já fui Vice-Presidente, Vogal, Secretário, Presidente da Assemb. Geral, e teria todo o gosto e honra de um dia ser Presidente do CDR.
Acontece que tenho um compromisso sério, uma vez que, como pai, assumi um cargo de director no Andebol e tenho acompanhado todos os fins de semana a equipa de iniciados na 1ª Divisao Nacional. Ora, isto impede outros compromissos.
Penso que, neste momento, a prioridade é o apoio e acompanhamento ao meu filho e isso sobrepoem-se a tudo o resto.
É este sentimento que gostaria de ver nos pais dos atletas do CDR.
... Tenho pena que o meu filho nao tenha ido para o CDR, mas respeito e apoio a vontade dele. Se lá estivesse eu era director!

JoaoPMD disse...

Boa Tarde,

Concordo com o que foi dito até ao momento.
Um ponto que considero fulcral é o pagamento de quotas anuais ou mensais nas camadas jovens,como diz o sr. Carlos, mas tendo como contrapartida a colocação de "pessoas"/treinadores RESPONSAVEIS, FORMADOS(...) e com capacidades pedagócicas para gerir grupos de jovens, pois, já fui jogador (mau) das camadas Jovens e sei o que é ser (mal) Treinado/Gerido/COMANDADO por pessoas sem esse "DOM" para lidar com os mais novos e transmitir a educação necessaria ao nosso dia-a-dia.
Posto isto, considero que ao longo destes anos, houve uma falha grave na gestão/marketing/merchandising do clube no que toca à venda de camisolas, cachecois, bandeiras e pacotes de sócios. Assim, proponho que ao nivel desses "materiais de apoio" ao clube se colocassem à venda nos supermercados avenida, eco, etc, em pouca quantidade (dependendo da procura), para que toda a população possa ter acesso facil, comprar e oferecer(a preços competitivos, é obvio). Ao nivel dos pacotes de sócio, penso que seria interessante dividir o preço por escalões etários, do tipo:
Até aos 16 ...
16- 25...
25- 65...
65...
pois, falando no meu caso, facilitar-me-ia a aquisição desse pacote, tendo em conta que até aos 25 os jovens (no geral) podem nao depender (em termos monetários) apenas só de si próprios!
Pode ser uma boa forma de aumentar o numero de socios pagantes!

Agora, penso que um clube com os jovens, com os meios, com as pessoas que envolve já merecia umas instalações condignas.
Pode ser este o ponto chave, juntamente com uma gestão com pessoas como o sr. Carlos e o Prof. João Dias (comentários até ao momento) que têm muito amor à vila aliado com conhecimento na matéria, para dar o "salto"!


Cumprimentos,
joaomd

todos pela nossa terra!

JoaoPMD disse...

E tal como o sr. carlos diz
"Tenho pena que o meu filho nao tenha ido para o CDR... Se lá estivesse eu era director!" deve haver, com toda a certeza, muitos mais pais com o mesmo sentimento.
Penso que é um ponto que deve ser melhorado - Equipa senior apenas com jogadores da casa - !

cumprimentos,
joaomd

joaopmd disse...

sr. Carlos Soeiro a PRESIDENTE!

abraço,
joaomd

adepto disse...

Bom dia! Gostava de saber se o clube ja tem direcção? Obrigado

Carlos Soeiro disse...

Não sei responder se o CDR tem ou não uma nova direcção, sei que a direcção actual continua a trabalhar e a resolver situações em curso.
Desejo do fundo do coração que o Celso, apoiado por uma direcção forte possa continuar o excelente trabalho desenvolvido nos ultimos anos, aliás, penso ser um desejo comum a quem gosta do CDR!

Anónimo disse...

esse cara e uma excelente pessoa, lembro-me quando joguei com ele em 95 ou 96 no moimenta. grande abraco carlos
horacio

Anónimo disse...

marcio já é jogador do moimenta , guarda redes ex s. lamas . ja che gou a acordo com o clube das terras do demo

Anónimo disse...

carlos, vc ainda joga futebol ou parou???
grande abraco
horacio

Carlos Soeiro disse...

Horacio, meu amigo, ja vou fazer 41 anos ... continuo a ir ao matão, pelo menos 2x por semana treinar, porque adoro o desporto e estar no meio daquela malta boa.
De resto futebol só a brincar e claro, jogar pela equipa de veteranos do CDR ... em Setembro vamos ao Montijo.
Um grande abraço!

Anónimo disse...

Boa noite!
Aceitando o repto aqui lançado avanço com as seguintes sugestões.
- 1ª Analise SWOT
- 2ª Organização e dinamica de grupos
- 3ª FootControl
Cumprimentos,
Ana Oliveira

Carlos Soeiro disse...

Ora aqui está uma forma diferente de ver a questão!
Analise swot onde se pretende relacionar os pontos mais fortes e os pontos mais fracos com as principais tendências do meio envolvente, gerando assim medidas para lidar com as oportunidades e ameaças identificadas.
Aprendi na faculdade que, ao analisarmos este modelo Swot temos que ter em atenção que as ameaças constituem SEMPRE oportunidades latentes que devem ser aproveitadas.
Parabéns pela colaboração!

Anónimo disse...

Esta Senhora é boa!
Parece que sabe alguma coisa deste assunto.
Porque não a convidam para fazer parte da direcção, já pensaram nisso?